Call us toll free: +1 800 789 50 12
Top notch Multipurpose WordPress Theme!

Oumarou Ganda (Niamey/Níger, 1935 – Niamey/Níger, 1981)



Aos 16 anos, alistou-se no Corpo Expedicionário Francês, no extremo oriente, e participou na Guerra da Indochina. No seu regresso, foi forçado a emigrar para a Costa do Marfim, onde trabalhou como estivador. Encontrou Jean Rouch, que lhe propôs o papel de protagonista em Eu, um negro. Alguns anos depois, retornou a Niamey, onde, a partir da sua experiência na guerra, realizou seu primeiro filme, Cabascabo, de 1969. Continuou a filmar nos anos 1970, obtendo reconhecimento internacional, principalmente com Le Wazzou Polygame, que recebeu o Prêmio de Melhor Filme no primeiro FESPACO. Para além da ficção, realizou vários documentários. Nas suas homenagens póstumas, estão incluídos um Centro Cultural em Niamey – Le Centre Culturel Oumarou Ganda – e o nome de um dos prêmios mais importantes do FESPACO.